ESP/CE capacita profissionais de saúde do Maranhão para uso do capacete Elmo

Profissionais maranhenses aplicam o dispositivo Elmo num paciente simulado, interpretado por um ator. Foto: Divulgação/Ascom/ESP

A Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP/CE), vinculada à Secretaria da Saúde do Estado, capacitou nesta terça, 16, quatro profissionais de saúde do Maranhão para uso do capacete Elmo. A pedido do Governo do Maranhão, a Sesa doou esta semana 40 unidades do equipamento que, a partir das capacitações, fará parte do tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19 com quadro de insuficiência respiratória em unidades locais.

“Proporcionamos cenários clínicos no treinamento com o máximo possível da realidade que eles vão se deparar nas unidades. Para o uso e manejo adequado do equipamento, os profissionais precisam dessas capacitações, que são requisito para utilização nos serviços de saúde”, destaca Rafael Dantas, gerente do Centro de Simulação Realística da ESP, espaço onde são realizadas as formações.

Uma das estações de desenvolvimento de habilidade do dispositivo Elmo é a montagem do equipamento. Foto: Divulgação/Ascom/ESP

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão enviou dois médicos e dois fisioterapeutas para os treinamentos. “Estávamos pesquisando sobre como melhorar a assistência ao paciente e soubemos da boa avaliação do capacete em Manaus. Estamos com muita expectativa para cuidar dos pacientes com o Elmo”, afirma Henrique Lott Novaes, fisioterapeuta intensivista do Hospital de Cuidados Intensivos (HCI), referência de atendimento à Covid-19 em São Luís.

>> ESP/CE já capacitou diretamente mais de 650 profissionais de saúde para uso do dispositivo

As formações realizadas pela ESP/CE possibilitam aos treinados o desenvolvimento das competências técnica e educacional para manejo adequado do aparelho e para que se tornem multiplicadores do aprendizado aos demais profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19. A turma capacitada vai replicar os conhecimentos adquiridos para outros profissionais maranhenses em treinamento próprio ainda essa semana.

“Estávamos com uma grande expectativa para uso do capacete Elmo. Com a capacitação, ganhamos segurança e ficamos ainda mais fascinados com o benefício que o Elmo possa trazer para a nossa atuação e o quadro clínico dos pacientes”, destaca o médico intensivista Artur Jucá Moreira.

Profissionais de saúde do Maranhão com equipes de pesquisadores e instrutores do dispositivo Elmo e profissionais do Centro de Simulação Realística da ESP/CE. Foto: Divulgação/Ascom/ESP

Capacitações em Uberlândia

Entre os dias 9 e 11 de março, duas instrutoras da ESP/CE viajaram para Uberlândia, Minas Gerais, para treinar 64 profissionais de saúde para utilização do Elmo. As capacitações foram divididas em seis turmas de dez participantes, entre fisioterapeutas, médicos, enfermeiros e engenheiros clínicos.

Por determinação do governo de Minas, Uberlândia regrediu para a onda roxa no início do mês, determinando o fechamento das atividades não essenciais e com toque de recolher das 20h às 5h. O objetivo é tentar desafogar os hospitais, criando uma oferta de leitos para novos casos.

Andréa Braide e Patrícia Elizabeth, instrutoras da ESP/CE, durante capacitação de profissionais de saúde para utilização do Elmo, em Uberlândia. Foto: Divulgação/Prefeitura de Uberlândia

Metodologia dos treinamentos

As capacitações para uso do capacete Elmo são realizadas em ambiente simulado de um leito hospitalar, permitindo o desenvolvimento de habilidades clínicas. Dividida em etapas, as formações contemplam a discussão de conteúdo teórico sobre o funcionamento do Elmo, apresentado por um instrutor, a aplicação do aparelho e as habilidades que os profissionais precisam desenvolver, além da experiência prática do manejo do equipamento.

Nesta fase, o treinamento é dividido em estações de habilidades com um passo-a-passo do uso que envolve a montagem, utilização no paciente simulado – representado por um ator -, desmontagem e desinfecção do dispositivo. O instrutor demonstra as habilidades a serem desenvolvidas em cada estação para, em seguida, os profissionais em treinamento praticarem, sob supervisão, a aplicabilidade do Elmo.

Força-tarefa

projeto do capacete de respiração assistida Elmo foi idealizado e desenvolvido pelo Governo do Ceará, por meio da Sesa, ESP/CE e Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funcap), Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai/Ceará), Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade de Fortaleza (Unifor), com o apoio do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH) e Esmaltec.

 

Habilidades

, ,

Postado em

24 de março de 2021