ESP/CE inicia treinamento de equipes do interior do Ceará para uso do Elmo

Profissionais da saúde do interior do Ceará são capacitados para usar capacete Elmo em pacientes com Covid-19

A Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues, vinculada à Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), iniciou nesta terça-feira (19) as capacitações dos profissionais que atuam nas unidades de saúde do interior cearense e da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e que farão uso do capacete Elmo. O equipamento de respiração assistida é eficaz no tratamento de pessoas com quadro leve ou moderado de Covid-19.

Ao longo desta semana, participam dos treinamentos enfermeiros, médicos, fisioterapeutas e engenheiros clínicos do Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), do Hospital Municipal João Elísio de Holanda, localizado em Maracanaú, na RMF, e ainda da Base Aérea de Fortaleza.

A formação com os profissionais das unidades hospitalares de Fortaleza, iniciada em dezembro de 2020, ocorre no Centro de Simulação Realística da ESP/CE, espaço idealizado para a aplicação e o desenvolvimento de habilidades clínicas. No ambiente de aprendizagem, os profissionais vivenciam o contexto teórico e prático da aplicabilidade do Elmo.

O coordenador do serviço de fisioterapia do HRSC, Décio Fernandes, veio da cidade de Quixeramobim para realizar o treinamento e ressalta a importância da atividade, principalmente a prática, no contexto da pandemia. “A parte prática da simulação é importante não apenas pela questão do conhecimento, mas também pelo fato de nos agregar enquanto equipe profissional”, afirma.

Já Luan Douglas, fisioterapeuta da UTI Covid do Hospital Municipal João Elísio de Holanda, destaca o papel multiplicador das equipes que estão sendo capacitadas. “No hospital, temos profissionais de várias categorias e sempre trabalhamos em conjunto. Somos uma equipe multidisciplinar e o fato de sermos, aqui, multiplicadores, nos permitirá passar essas habilidades adiante”.

HGF tem primeira paciente a utilizar o capacete

Uma idosa de 71 anos foi a primeira paciente a utilizar o capacete Elmo no Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Internada com Covid-19 na estrutura de campanha da unidade há três dias, a paciente, que pediu para não ser identificada, apresentou rápido aumento no nível de saturação de oxigênio no sangue logo nos primeiros minutos de aplicação do aparelho, na noite de segunda-feira (18). Outras unidades da rede estadual de saúde já utilizam o equipamento.

HGF utiliza capacete Elmo em paciente pela primeira vez

“É um marcador histórico para o HGF. Não só pelo atendimento aos pacientes com Covid-19, mas pela possibilidade de fortalecer a assistência em outras demandas”, comemora a fisioterapeuta Luiza Raira Parrião. A profissional, que participou da montagem do capacete na primeira paciente, é uma das responsáveis pela capacitação do uso do equipamento junto à equipe assistencial da unidade.

Para o médico Apolo de Macedo, que atende no hospital de campanha da unidade, a grande vantagem do Elmo é a possibilidade de prevenir a necessidade de utilização do procedimento de ventilação artificial invasivo. “É uma estratégia nova e diferente, que pode nos ajudar a tratar o paciente de forma a evitar uma intubação. Tem tudo para dar certo”, avalia.

Testes clínicos realizados com o Elmo mostram que o capacete pode reduzir em 60% a necessidade de internações em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Além do HGF, o aparelho já foi aplicado no Hospital Leonardo da Vinci (HELV), no Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA) e no Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), cujos profissionais de saúde foram capacitados para usar o dispositivo.

Agenda de capacitações

Nesta quarta-feira (20) os treinamentos seguem no Centro de Simulação Realística da ESP/CE. A agenda de capacitações recebe profissionais de saúde, entre fisioterapeutas e enfermeiros, que atuam na Base Aérea de Fortaleza. Eles também serão capacitados para uso e aplicação do capacete Elmo em pacientes.

Já na quinta (21), será a vez de nova equipe do HRSC formada por médicos, enfermeiros e fisioterapeutas realizar treinamento no Centro de Simulação Realística da ESP/CE.

Até março de 2020, cerca de 285 profissionais da saúde serão capacitados para usar capacete Elmo

Desde dezembro de 2020, cerca de 138 servidores foram treinados pela ESP/CE, entre médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e engenheiros clínicos da rede pública. A expectativa é de que cerca de 285 profissionais sejam treinados até março deste ano, incluindo trabalhadores de unidades de saúde do interior do Estado.

O treinamento conta com o apoio da Santa Casa da Misericórdia de Fortaleza e do Centro Universitário Estácio do Ceará. No Centro de Simulação Realística, um ator representa o paciente e simula o uso do equipamento. A formação permite a experiência teórica e prática a partir do processo de manejo do dispositivo, que envolve a montagem, utilização no paciente, desmontagem e desinfecção.

Mais informações sobre o Elmo estão disponíveis no site https://coronavirus.ceara.gov.br/elmo.

Habilidades

, , , ,

Postado em

29 de janeiro de 2021